Com o decreto estadual vigente para controlar a transmissão do novo coronavírus, as atividades turísticas na Ilha do Mel, no litoral do Paraná, foram novamente suspensas, pelo menos, até a próxima semana. A medida foi adotada para evitar a propagação da Covid-19.

A Ilha do Mel chegou a ser reaberta para atividades turísticas em setembro do ano passado, após um protocolo ser aprovado pelo Comitê Estadual de Situações em Emergência em Saúde Pública.

O diretor de Patrimônio Natural do Instituto Água e Terra (IAT), Rafael Andreguetto, ressalta que o fechamento se dá aos serviços não essenciais para evitar a ida de turistas para a região.

“O que foi determinado é o fechamento de serviços essenciais, diferente do que aconteceu no ano passado. Então serviços de hotelaria, de alimentação, comércio não essencial, passeios turísticos, o que determina 100% das atividades da ilha.”

Rafael Andreguetto frisa que todas as 71 unidades de conservação do estado foram fechadas neste período do decreto.

“Nós estamos falando da Ilha do Mel, do Parque Estadual do Monge, do Parque Estadual de Vila Velha…todos os parques estaduais, que tem turismo, estão fechado até o dia 8 de março.”

Segundo o boletim diário da Covid-19, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa), nesta segunda-feira (1), a 1ª Regional de Saúde de Paranaguá, que engloba os sete municípios do litoral do estado, registrou mais 60 casos e duas mortes em decorrência do novo coronavírus. Desde o início da pandemia, em março do ano passado, já são 21.534 casos confirmados e 379 mortes pela doença.

Paraná Portal

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.