Guaíra ganhará três novas unidades básicas de saúde

38
Obras de Construcao de 3 UBS - Unidade Básica de Saúde nos bairros Vila Alta, Santa Paula e Parque Hortencia em Guaira. 06/08/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

As três novas unidades básicas de saúde (UBS) em construção em Guaíra, no Oeste do Estado, são do tipo 2 e reúnem o que há de mais moderno em atendimento primário especializado. Os equipamentos vão atender cerca de vinte mil pessoas e têm área mais ou menos padrão, de 378 a 400 metros quadrados. Elas englobam investimento de R$ 2,699 milhões da Secretaria de Saúde, viabilizado com apoio de emendas parlamentares.

Uma unidade do tipo 2 significa duas equipes de Atenção Básica e apoio gratuito em pediatria, ginecologia, clínica geral e odontologia, por exemplo. Os principais serviços oferecidos serão consultas médicas, inalações, injeções, curativos, vacinas, coleta de exames laboratoriais, encaminhamentos para especialidades e fornecimento de medicação básica.

Cada unidade terá quatro consultórios (um deles com banheiro), recepção, sala de espera, sala de procedimentos (vacina, inalação, curativos), almoxarifado, consultório odontológico com duas cadeiras, sanitários, dois vestiários, copa, posto de medicamentos, sala de reuniões, sala de esterilização, setor administrativo, depósito de limpeza e área de lavagem, além de reservatório de água (cisterna).

“É um investimento fundamental para Guaíra. Desde 2016 não há implementação de uma unidade básica no município, que tem crescido em importância, porte e é estratégico para o Paraná, uma porta de entrada”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “E essas obras se alinham com a orientação de atenção perto da casa das pessoas. Em apenas uma delas vamos atender uma região de sete mil moradores. Esse ganho é imensurável”.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, diz que o Paraná investe com qualidade em todas as etapas da atenção à saúde. “Estamos implementando novas unidades básicas em todas as regiões, entregamos novos veículos e a rede de atenção secundária tem sido ampliada constantemente com os centros ambulatoriais. Além disso dobramos a oferta especializada e emergencial. É uma rede completa para atendimento perto da casa das pessoas”, acrescenta.

Na prática, cada unidade terá duas equipes de saúde da família, composta por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes comunitários.

Atualmente são 40 agentes e 15 médicos envolvidos no trabalho diário em 16 equipamentos de saúde (incluídos os odontológicos e a Unidade de Pronto Atendimento) municipais.

UBS – Serão duas substituições (estruturas dos anos 1990 substituídas por atuais) e uma construção em um bairro que nunca teve uma UBS. Elas ainda estão no começo e mal atingiram 10% de execução, com previsão de entrega no primeiro semestre de 2021. Essa última, no Parque Hortência, responde a uma demanda de encontros municipais de saúde, da Secretaria Estadual da Saúde e um pedido do Tribunal de Contas do Estado.

“As construções novas dão um novo desenho ao município, que vai ficar bem servido por um bom tempo em equipamentos para saúde. As últimas unidades foram inauguradas em 2016. É a primeira vez que o Estado pactua um convênio desse porte com Guaíra”, afirma José Gonçalves Dias Neto, coordenador de Sistemas de Gestão da Secretaria Municipal de Saúde. “Já as existentes precisavam ser substituídas por estruturas novas para dar maiores condições de atendimento ao público”.

Uma delas é a UBS Jardim Santa Paula. A nova unidade substituirá a antiga e prestará atendimento aos bairros Santa Paula, Vila Rica, Vila Margarida e parte da Cia Mate Laranjeira. A construção está em andamento em um antigo salão comunitário, que está sendo deslocado de lugar. O investimento total é de R$ 914,6 mil.

A UBS Vila Alta está sendo implementada em uma região que cresceu vertiginosamente e conta com população de seis mil pessoas. A unidade está em obras desde o final de julho e ainda está nas fundações. Ela custou R$ 904,7 mil, substituirá a estrutura antiga e acanhada do bairro, e será vizinha da Escola Municipal Áurea Del Cortez Benck.

Já a UBS Parque Hortência é uma novidade total e beneficia sete bairros e aproximadamente sete mil habitantes. Ela fica ao lado da Escola Municipal Amália Flores e custou R$ 880,4 mil.

EXPECTATIVA – Josias de Barros Nascimento, 57, pedreiro da obra do Parque Hortência e morador da região, explica que a estrutura vai atender uma necessidade de primeira ordem do bairro. “Ninguém esperava. Antes tínhamos que ir ao posto do centro, perto da rodoviária. Estamos muito felizes que agora teremos essa unidade de saúde perto de casa”, afirma.

Edivaldo Kriki Alonso, 34, que também trabalha na obra, corrobora o fim da fila de espera. “Agora em cinco minutos estamos dentro do posto”, comemora.

Nelcira Schappa, 65, mora no bairro há mais de trinta anos e diz que não esperava que esse desejo se concretizasse. “Agora ficou bom. Dá para marcar a consulta e daqui a pouco já atravessar a rua. Todo mundo está muito feliz. Fizemos um abaixo-assinado, levamos até as autoridades e agora vai sair do papel”, afirma.

SANEPAR – Guaíra também foi contemplada com investimento de R$ 38,5 milhões da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) em sistemas de água, esgoto e atendimento. O mais volumoso do ciclo 2017-2020 foi em saneamento e agora 75% da cidade conta com esgoto tratado.

A Sanepar investiu R$ 24 milhões na Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). A obra teve início em janeiro de 2019 e modernizou o sistema de coleta e tratamento de esgoto. A nova estação tem capacidade para tratar 120 litros de efluente por segundo. Uma das inovações deste sistema é que o processo não produz odores. A ETE está preparada para atender 100% do município.

Com a implantação constante de novas tubulações (827 metros apenas em 2020), a Sanepar vai elevar o serviço de coleta e tratamento para 85% da população até o final de 2021.

Em relação ao acesso à água, foi concluída a instalação do reservatório Anhembi, com investimentos de R$ 3 milhões. Ele tem capacidade para armazenar 2 milhões de litros de água tratada e dobrou a capacidade de reservação de água na cidade.

Esta obra evita o desabastecimento nos horários e dias de maior consumo. Também foram implementados 15 quilômetros de novas tubulações entre 2019 e 2020.

A Sanepar ainda investiu em sua nova sede de atendimento para o público. O prédio tem amplo espaço de recepção para os moradores de Guaíra.

VIATURAS –Ao longo dos últimos dois anos Guaíra também foi contemplada com novos veículos distribuídos pelo Governo do Estado. Foram entregues duas pá-carregadeiras, dois caminhões coletores, uma van para transporte escolar, duas vans para transporte de pacientes, uma ambulância, quatro carros para uso da administração municipal e veículos para as áreas de ação social.

BPFRON E PONTE – Guaíra ainda receberá nos próximos anos novos investimentos. A Ponte Ayrton Senna, localizada entre o município e Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, deve receber nova iluminação e câmeras de alta resolução, fundamentais em um município de fronteira. O Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) ganhará uma nova sede com pista de atletismo, piscina, alojamentos e um prédio educacional. Os dois investimentos devem ser viabilizados em parceria com a Itaipu Binacional.

Governo do Estado

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.