As primeiras informações, segundo a Divisão de Homicídios de Proteção a Pessoa (DHPP), apontam que o homicídio foi resultado de uma represália contra a vitima

Um homem, de 30 anos, foi encontrado morto com ferimentos na cabeça, por volta das 4h da madrugada deste domingo (15), na própria residência localizada na rua Treze de Maio, no Centro de Curitiba. Na cena do crime, recados teriam sido deixados escritos na parede pelo autor do homicídio com os dizeres “estuprador” e assinado como “Rondônia”.

As primeiras informações, segundo a Divisão de Homicídios de Proteção a Pessoa (DHPP), apontam que o assassinato foi resultado de uma represália. A vítima seria homossexual, tinha o hábito de levar outros homens para se relacionar dentro de casa e já teria cometido um homicídio no estado do Maranhão com o objetivo de vingar a morte de um irmão.

De acordo com o delegado Marcos Fontes, da DHPP, a polícia acredita que a vítima teria entrado na residência já acompanhada do assassino e há indícios de que houve briga no local. “A causa da morte será investigada pelo IML. Mas, diante do recado na parede, o chamando de estuprador, mencionando o estado de Rondônia, e os detalhes da cena do crime, tudo indica que o autor do crime entrou na casa com a vítima e depois houve o desentendimento”, informou o delegado.

O delegado também mencionou que a vítima não comparecia ao trabalho em uma pizzaria desde a última quinta-feira (12) e isto teria chamado a atenção de um dos vizinhos, que pediu ao gerente do estabelecimento que fosse até a casa do funcionário para verificar se algo havia acontecido. Foi neste momento que descobriram que ele estava morto

“Vamos iniciar todo um trabalho de investigação para tentar apontar com detalhes o que aconteceu aqui”, pontuou Fontes.

Outras informações também indicam que a vítima levava acompanhantes com frequência à residência para realizar festas. Ainda segundo o delegado, a vítima estava foragida na região de Curitiba, pelo possível assassinato no estado do Maranhão, mas também por um envolvimento em uma confusão que aconteceu na cidade de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

“Após levantarmos o nome e dado completo que foi repassado pelo gerente da pizzaria, nós iremos verificar junto com o estado do Maranhão e as investigações a nível nacional da Polícia Civil se há registros de antecedentes criminais por parte desta pessoa”, concluiu Fontes.

Até o momento, a identidade do autor do crime é desconhecida.

BandaB


COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.