Agente penitenciário é mantido como refém na Casa de Custódia de Piraquara

15

Já passa das 16 horas que um agente de cadeia é mantido refém dentro de um dos contêineres instalados na Casa de Custódia de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. As negociações foram suspensas na noite desta segunda-feira, 4, e retomadas nesta manhã de terça-feira,5,  por volta das 6 horas. Para colaborar com os procedimentos de negociação, um representante da comissão de Direitos Humanos da OAB e um juiz da Corregedoria Geral do Sistema Penitenciário foram convocados e já estão no local.

O agente teria sido feito refém ao cumprir um procedimento de rotina. Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, o ele teria entrado nos chamados shelters, um pouco antes das 15h, quando foi retido por três presos da cela. Não há feridos e tanto o agente como os três presos estão bem. Esses detentos, inclusive, fazem parte de um grupo que no ano passado,em julho, liderou um motim na penitenciária.

Já passa das 16 horas que um agente de cadeia é mantido refém dentro de um dos contêineres instalados na Casa de Custódia de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. As negociações foram suspensas na noite desta segunda-feira, 4, e retomadas nesta manhã de terça-feira,5,  por volta das 6 horas. Para colaborar com os procedimentos de negociação, um representante da comissão de Direitos Humanos da OAB e um juiz da Corregedoria Geral do Sistema Penitenciário foram convocados e já estão no local.

O agente teria sido feito refém ao cumprir um procedimento de rotina. Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, o ele teria entrado nos chamados shelters, um pouco antes das 15h, quando foi retido por três presos da cela. Não há feridos e tanto o agente como os três presos estão bem. Esses detentos, inclusive, fazem parte de um grupo que no ano passado,em julho, liderou um motim na penitenciária.

BemParana

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.