Viatura é chamada após briga durante partida de futsal em que PM era mesário; capitão explica

130

Na postagem, alguns internautas questionaram que a equipe policial chegou de forma rápida até a ocorrência

Um vídeo de policiais militares atendendo a um chamado após uma briga durante uma partida de futsal em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, viralizou após ser publicado na rede social Facebook. O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (17) e, de acordo com o capitão Galeski, comandante da 1° Companhia do 17° Batalhão da Polícia Militar, não houve nada de errado no atendimento à ocorrência

O responsável pela postagem na rede social Facebook afirmou que os policiais foram chamados pelo PM que era mesário do jogo e que isso seria um ‘absurdo’. Entretanto, o capitão desmente a versão de um chamado sem motivo e disse que o vídeo mostra apenas a parte final do atendimento.

“Estava acontecendo um jogo no Ginásio Ney Braga e a ocorrência chegou porque o caso passou da questão esportiva, com o jogador cuspindo no árbitro e ofendendo o mesário. A situação estava praticamente resolvida quando o rapaz começou a gravar. Inclusive, o atleta já tinha se arrependido e o outro rapaz passou a gravar, incitando o público contra os policiais”, disse capitão.

Na postagem, alguns internautas questionaram que a equipe policial chegou de forma rápida até a ocorrência, mas o capitão disse que isso não procede. “O chamado foi feito pelo rádio operador da Primeira Companhia e não pelo 190, porque havia um policial no local. O atleta ameaçou o subtenente e disse que policial bom era policial morto e apontou uma arma para a cabeça, mas isso não aparece no vídeo. Pode-se fazer o vídeo, o problema é que nos comentários ele interfere no atendimento da equipe, além de uma série de ofensas aos policiais. Sem contar que não consta imagens do que motivou tudo aquilo”, esclareceu.

Por fim, o capitão lamentou a forma como o caso foi tratado. “Aconteceu uma exposição da equipe policial, de forma desnecessária, em uma ocorrência totalmente correta. Agora os policiais precisam trabalhar e estão preocupados com a exposição”, concluiu.

BandaB

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.