Conheça o Xiaomi Mi 9, celular com um milhão de vendas em um mês

205

Celular tem especificações de ponta e preço competitivo

O Xiaomi Mi 9, principal lançamento da Xiaomi em 2019, alcançou a marca de um milhão de unidades comercializadas em apenas um mês. A novidade vem logo depois de o celular chegar ao topo do ranking de aparelhos Android mais poderosos do mundo segundo o aplicativo de benchmark Antutu. O modelo chinês ocupa as duas primeiras posições: em primeiro, a versão Transparent Edition com 12 GB de memória RAM, e logo em seguida, a edição regular.

Embora tenha especificações avançadas, como processador Snapdragon 855, leitor de impressões digitais na tela e conjunto robusto de câmeras, o Mi 9 se destaca pelo preço, sendo mais barato que lançamentos equivalentes da SamsungApple Huawei. O telefone ainda não chegou oficialmente ao Brasil, apesar da volta da Xiaomi ao país. Ainda assim, permanece como opção de importação com bom custo-benefício. Conheça a seguir os principais atributos do telefone e entenda porque ele caiu nas graças do consumidor.

Design sofisticado

O Xiaomi Mi 9 é construído em uma combinação de metal e vidro Gorilla Glass 6, que traz proteção superior para o display. Outro destaque é o acabamento da parte traseira, que tem laterais curvadas para melhorar a pegada do usuário, além de uma camada reflexiva que exibe cores diferentes dependendo do ângulo de visão. A fabricante chama o material de “Vidro Holográfico” por conta do efeito da luminosidade sobre o visual do celular.

As bordas finas, o notch discreto e o consequente aproveitamento de tela de mais de 90% da parte frontal evitam que o Mi 9 seja tão grande quanto o display de 6,39 polegadas possa sugerir. O smartphone tem dimensões similares às do Galaxy S10 Plus, com peso e espessura ligeiramente menores. Outro destaque é o botão lateral personalizável, que pode abrir o Google Assistente ou qualquer outro aplicativo instalado com apenas um clique.

A versão mais avançada Transparent Edition traz um visual diferente na traseira, com acabamento transparente para dar a impressão de que os componentes internos estão expostos. Abaixo da tampa, o celular traz uma fina camada em alumínio, com ilustrações encravadas para indicar a posição do processador e da bobina de indução do carregamento sem fio, entre outros elementos do hardware.

Tela AMOLED com leitor de digitais embutido

A tela é um dos pontos altos do Mi 9. Fabricado pela Samsung com a tecnologia Super AMOLED, o display de 6,39 polegadas exibe alta gama de cores e tem resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels), o que tende a ser suficiente para assistir a vídeos e obter boa experiência em jogos com gráficos mais exigentes. A definição do painel, no entanto, não chega ao patamar presente nos melhores celulares da Samsung, que alcançam o Quad HD.

O celular conta ainda com leitor de impressões digitais embutido na tela. Segundo a Xiaomi, o componente está 25% mais rápido que no antecessor Mi 8.

Mi 9 tem tela Super AMOLED de 6,39 polegadas e notch — Foto: Divulgação/Xiaomi

Mi 9 tem tela Super AMOLED de 6,39 polegadas e notch — Foto: Divulgação/Xiaomi

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.