sábado, março 2, 2024

InícioGuaratubaPrefeitura reúne pescadores para levantamento sobre implantação do Refúgio da Vida Silvestre...

Prefeitura reúne pescadores para levantamento sobre implantação do Refúgio da Vida Silvestre Ilhas dos Guarás

Na segunda-feira (5) a Secretaria Municipal da Pesca e da Agricultura, o Departamento de Economia Rural (DERAL), o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR) e a Associação de Pescadores e Armadores de Guaratuba e Região (APAGRE), realizaram uma reunião na sede da Secretaria da Pesca e da Agricultura sobre a implantação do Refúgio da Vida Silvestre – REVIS das Ilhas dos Guarás na Baía de Guaratuba.


A reunião contou com a participação dos pescadores locais e teve como objetivo coletar informações sobre o cotidiano e as dificuldades que envolvem a atividade pesqueira artesanal no local em que será implantado o REVIS. As informações serão encaminhadas para o Instituto Água e Terra, órgão responsável pelas pesquisas para a instalação do refúgio, que dará continuidade aos trâmites, com audiências públicas para apresentação e discussão sobre o processo de criação do REVIS Ilha dos Guarás.


O secretário da Pesca e da Agricultura Cidalgo Chinasso, destacou a importância do levantamento de informações junto à classe pesqueira, sobre possíveis impactos para a atividade da pesca artesanal na região. “O nosso papel neste momento é avaliar todas as questões sobre a implementação do REVIS Ilha dos Guarás, principalmente as que afetam diretamente a pesca artesanal, que é primordial para o sustento da classe. Estamos aqui para defender o pescador, respeitando as leis ambientais e também a preservação da espécie Guará, e as demais aves que vivem na Baía de Guaratuba”, afirmou.


O secretário também destacou que o projeto visa o turismo ecológico, uma possível fonte de renda para as comunidades tradicionais que utilizam a Baía de Guaratuba como sustento da família.
A Unidade de Conservação Refúgio da Vida Silvestre das Ilhas dos Guarás, é resultado de um estudo técnico ambiental realizado junto à Universidade Federal do Paraná – UFPR, que identifica áreas prioritárias para a conservação da espécie Guará, as Estuarinas e as Migratórias, sendo o local escolhido de grande relevância para a biodiversidade.
Participaram da reunião o secretário da Pesca e da Agricultura Cidalgo Chinasso, o chefe Regional da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento – SEAB no Litoral Mauricio Tadeu Lunardon, o técnico do IDR Adriano Machado, o presidente da APAGRE Wallace Aguiar, o diretor-geral da Secretaria Municipal do Meio Ambiente Edgar Fernandez, pescadores e comunidade local.

prefsguaratuba #litoralpr #guaratubapr #pesca

ARTIGOS RELACIONADOS

MAIS POPULARES