sábado, março 2, 2024

InícioIlha do MelCom investimento de R$ 2 milhões, Estado vai revitalizar praças da Ilha...

Com investimento de R$ 2 milhões, Estado vai revitalizar praças da Ilha do Mel

O Governo do Estado vai realizar quatro obras estruturais no Parque Estadual Ilha do Mel, em Paranaguá, no Litoral. O processo licitatório aberto no fim de novembro pelo Instituto Água e Terra (IAT) prevê revitalizações na praça de alimentação e na praça ao ar livre, ambas na Vila de Encantadas, e no centro receptivo de visitantes.

Além disso, o escritório local do órgão ambiental, em Nova Brasília, passará por reformas. O investimento total é de R$ 2.234.170,98.O início das obras previsto para o primeiro trimestre do ano que vem, após a conclusão da licitação, cujo prazo é de 60 dias. O objetivo é deixar os equipamentos prontos para a temporada de verão 2024/2025.

A reabertura da praça de alimentação da Vila de Encantadas é um desejo antigo de moradores e turistas. O local, que está atualmente desativado, passará por uma revitalização completa.

O novo espaço terá 803,46 metros quadrados, oito boxes para alimentação, novos sanitários e chuveiros. O custo é de R$ 1.058.819,63.

A estrutura de lazer será complementada pela revitalização da praça ao ar livre, um espaço de 710 metros quadrados. As intervenções incluem a instalação de equipamentos de playground, bicicletários, bancos, lixeiras, um pequeno palco para apresentações culturais e três quiosques para a venda de produtos típicos da região, cada um com capacidade para dois empreendimentos.

O investimento é de R$ 494.928,68.Para o diretor de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do IAT, José Luiz Scroccaro, as novas estruturas vão além de beneficiar os turistas com a entrega de serviços de qualidade. Terão papel fundamental no apoio socioeconômico à comunidade local.

“Os boxes de alimentação e os quiosques da praça ao ar livre poderão ser ocupados por comerciantes locais para que possam vender produtos tradicionais da região, o que ajuda também na divulgação da cultura da própria Ilha”, afirma.

As obras também são planejadas para auxiliar na função de proteção ambiental da Unidade de Conservação (UC). A nova praça ao ar livre ajudará a proteger o córrego que passa pelo parque, beneficiando a drenagem da água e reduzindo o assoreamento no local.

Além disso, por proporcionar um espaço específico para o consumo de alimentos, a praça de alimentação contribuirá para uma redução na quantidade de lixo que é jogada em lugares inapropriados pelos frequentadores. “Haverá um ganho ambiental e sustentável muito grande”, diz Scroccaro.

AEN

ARTIGOS RELACIONADOS

MAIS POPULARES