Cuiabá terá 82 pontos de ônibus em contêineres com energia solar e jardim suspenso

499

prefeitura municipal de Cuiabá inaugurou o primeiro abrigo de espera de ônibus construído a partir do reaproveitamento de contêineres. O abrigo foi construído em um modelo público-privado, onde as empresas Pantanal Shopping e a Edificatto Arquitetura cederam a parada de ônibus para a prefeitura, em troca da publicidade do espaço.

Através do programa “Adote um Abrigo”, a prefeitura pretende estender este modelo para outros 82 espaços de diferentes localidades da cidade, onde exista um grande número de passageiros por dia.

Para serem transformados em abrigos, os contêineres, que antes seriam descartados, passam por um processo de restauração de suas estruturas, incluindo pintura, plotagem e a instalação de um jardim suspenso com plantas ornamentais, que ajudam no isolamento térmico e deixam a cidade um pouco mais verde. Depois de reformados, a estrutura tem garantia de pelo menos mais 15 anos de vida útil.

Projetados para dar conforto aliado a um sistema totalmente planejado em respeito às atuais crises ambientais, os abrigos ainda terão placas solares, pontos de recarga de celulares com USB, além de micro bibliotecas. Com acessibilidade planejada e conforto, o espaço conta com painéis de LED com informações atualizadas dos ônibus que utilizam aquele ponto em questão.

Todos os pontos de ônibus serão construídos por meio do processo de anúncio público, no qual a iniciativa privada é incentivada a aderir à política denominada “adote um abrigo”. Com essa dinâmica, empresas terão o direito legal de explorar o espaço com o uso de publicidade, à medida que também assumem a responsabilidade de zelar pelo lugar, com as devidas manutenções necessárias.

Com o prazo mínimo de cinco anos para exploração, é possível que esse período seja prolongado conforme a legalidade dos trâmites institucionais. O projeto conta com um investimento de aproximadamente R$ 70 mil por parte do investidor, que, em contrapartida, tem assegurado o direito de explorar toda a estrutura.

Engenharia E

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.