Ex-presidente da Petrobras e empresário ligado a banco são alvos da Lava Jato

18

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (23) a 64ª fase da operação Lava Jato. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), policiais fazem busca e apreensão em endereços vinculados ao Banco BTG, do empresário André Santos Esteves e Maria das Graças Silva Foster, ex-presidente da Petrobras.

De acordo com MPF, há suspeitas de vendas da Petrobras ao BTG de ativos na África com valor inferior ao de mercado. Ainda segundo o MPF, Antonio Palocci e Guido Mantega, ex-ministros no governo do PT, teriam acertado o repasse de R$ 15 milhões para garantir privilégios ao Banco BTG Pactual no projeto das sondas do pré-sal da Petrobras.

O MPF ainda diz, em nota, que a ex-presidente da Petrobras entre 2012 e 2015, Graça Foster, teria conhecimento do esquema de corrupção e não atuou para interromper a prática, a partir de informações em e-mails de Marcelo Odebrecht e prestadas por Palocci.

TribunaPr

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.