‘Não se calem’, diz Paolla Oliveira ao registrar ocorrência de vídeo de sexo

67

Paolla Oliveira esteve na segunda-feira (15) na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, para oficializar queixa contra internautas que propagaram um vídeo de sexo atribuído a ela. No início de julho, Paolla Oliveira se apressou em declarar que ela não é a pessoa que aparece nas imagens que viralizaram.

O advogado Ricardo Brajterman disse que espera que as autoridades tomem as medidas cabíveis. Paolla não quis falar na saída da delegacia, mas fez um texto no perfil oficial dela no Instagram para incentivar outras vítimas a denunciarem o crime. “Estive na delegacia para cumprir um dever cívico, não só por mim, mas também por todas as mulheres que, diferente do meu caso realmente tiveram sua intimidade exposta”, afirmou. “Não se calem. Denunciem! Maior do que a vergonha de se ver exposta é a importância de não deixar esses crimes impunes. Meninas, mulheres, pessoas de todos os tipos, protejam-se”.

Bem Paraná

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.