Mulher fica ferida após se envolver em acidente e capotar, em ‘cruzamento perigoso’ do Hauer

49

Uma mulher ficou ferida na tarde desta segunda-feira (8), após uma colisão entre dois carros na esquina das ruas Waldemar Kost e Oliveira Viana, no Hauer, em Curitiba. O acidente ocorreu por volta das 14h30 e o carro em que a mulher estava, um Renault Logan, capotou e ela precisou ser encaminhada ao hospital. No outro veículo, um Gol, estava um casal que sofreu apenas escoriações. O trânsito ficou complicado na região do cruzamento por pelo menos uma hora.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima do Logan foi atendida rapidamente pelos socorristas do Siate e encaminhada ao Hospital do Trabalhador com ferimentos leves. A idade dela não foi informada.

Uma amiga da mulher que dirigia o Logan informou que as duas iriam se encontrar para fazer um trabalho de escola das filhas, mas o acidente causou um susto. “Estamos a poucos metros da minha casa. Minha filha estuda com a filha dela e iríamos adiantar um trabalho escolar. Só que ela me ligou dizendo estar de ponta cabeça dentro do carro. Eu corri para cá, assustada, para ajudar”, disse.

O motorista do Gol, José Roberto dos Santos, 53 anos, que estava com a esposa no banco do passageiro, disse que vinha descendo a Rua Waldemar Kost, sentido Terminal do Hauer, quando o Logan cruzou a frente dele. “Foi muito rápido. Esse cruzamento é perigoso, eu passo aqui duas vezes por dia e os acidentes são comuns. Por isso, passo aqui com cuidado, mas, dessa vez, não foi possível evitar”, relatou.

Cruzamento perigoso

A batida ocorreu porque um dos carros não parou no semáforo, mas não foi possível precisar qual seria o culpado, por conta da falta de testemunhas do momento da colisão. Pelas informações no local do acidente, a provável causa do capotamento foi a batida da parte dianteira esquerda do Gol na roda traseira do Logan, que vinha no sentido Boqueirão pela Rua Oliveira Viana. No entanto, as causas serão apuradas.

Além do depoimento do motorista do Gol, afirmando que o cruzamento é perigoso, os funcionários de uma panificadora que fica na esquina disseram que esse foi o segundo acidente grave no local, depois que semáforos foram instalados ali, há cerca de 9 meses.

Apesar de ter sido encaminhada ao hospital, a motorista do Logan não corre risco de morte. Os principais danos foram materiais.

TribunaPR


COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.