MDB propõe pautas programáticas ao aderir a uma aliança com o Governo do Paraná

69

O deputado estadual e presidente do MDB do Paraná, Anibelli Neto, usou a tribuna da Assembleia nesta terça-feira (15) para falar das ações realizadas e definidas pelo partido.

Anibelli Neto falou sobre a reestruturação do partido que começou com os encontros regionais e o compromisso de montar uma chapa completa de candidatos a deputado estadual e federal, e um candidato ao senado.

O presidente do MDB comentou também sobre as convenções estaduais dos núcleos do partido. “A primeira realizada foi do MDB Jovem, no final do ano passado e, no último final de semana, as convenções do MDB Mulher e Afro que elegeram os novos diretórios e contou com a participação da senadora Simone Tebet, pré-candidata à presidência pelo MBD”, disse.

Anibelli explicou que após o convite feito pelo governador, para que o MDB ajudasse o governo, a executiva do partido nomeou os coordenadores regionais que foram responsáveis em visitar as bases e consultar qual decisão deveria ser tomada. “Após esse trabalho feito pelos coordenadores, realizamos uma reunião nesta segunda-feira (14), e vimos que a ampla maioria era favorável em aceitar o convite”, complementou.

O presidente da sigla finalizou seu discurso lendo uma carta programática, aprovada por unanimidade durante a reunião dos coordenadores regionais e os membros da executiva, apresentando o posicionamento do partido e as pautas que o MDB estadual propõe ao Paraná.

Carta programática do MDB do Paraná

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) do Paraná acredita que o diálogo franco na política serve de antídoto contra interesses obscuros, vaidades individuais e coletivas sendo esse um dos pilares deste partido que marcou a transição do Brasil para uma democracia consistente em respeitar as diferenças entre pessoas e grupos, facilitando um entendimento construtivo e comum.

Por essas razões, ao aderir a uma aliança programática com o governo do Paraná, esperamos que a discussão de políticas públicas e a aplicação de tais políticas sirvam para o enfrentamento das crises sanitária, econômica e política que o país atravessa. Trata-se de pensar no coletivo, sem vaidade, sem objetivos que privilegiem indivíduos em detrimento de outros.

A marca do MDB de 2022 é a serenidade, sem truculências. Desde as conversas de corredor até os grandes acordos eleitorais, requer-se diálogo. Antes de emedebistas, somos contribuintes e eleitores com o mesmo poder, qual seja o do voto. Falamos entre pares.

Longe dos extremismos que nos segregam, machucam e marcam as gerações futuras, vamos enfrentar e sair das dificuldades juntos. Nós do MDB consideramos que todas as alternativas possíveis devem ser avaliadas, e que a decisão por um ou outro caminho é um trabalho de responsabilidade compartilhada.

A seguir está a pauta que propomos ao Paraná.

1 – Geração de empregos
O trabalho formal, de um microempreendedor, de uma megacorporação, ou de outros modelos de relação, oferece aos indivíduos dignidade para a manutenção da vida e das famílias, e ao Estado condições de medir a produção de riquezas;

2- Empreendedorismo
Nosso partido tem uma história de boas práticas no fomento ao empreendedorismo, na colaboração entre estado, federações, sindicatos, e demais associações. Além disso, tem experiência em regimes tributários que beneficiam os pequenos;

3 – Ampliação das tarifas sociais
Ainda mais agora, diante das dificuldades trazidas pela pandemia, é urgente olhar para os paranaenses que precisam de uma força na água, luz e gás. As tarifas especiais devem integrar um conjunto de ações que leve à autonomia dos beneficiários;

4 – Municipalismo
Abandonar as ações de estado “a granel”, e fazer do estado um ouvidor atento das necessidades de cada localidade. Além de valorizar prefeitos e associações locais, fazer dos municípios cogestores de projetos de desenvolvimento social e de criação de renda;

5 – Saúde
Descentralizar a saúde, ao olhar para modelos de gestão e de funcionamento que desafoguem os processos de entrada. Investir vigorosamente em saúde da família como prevenção de doenças e agravamentos. Olhar com afetividade para os temas da saúde mental do Paraná;

6 – Educação
Valorizar o professor como facilitador do processo de aprendizagem. Isto é, tornar-se um estado que acredita na educação como caminho de futuro, e que a compara em relação a países com maior renda. Fomentar a vivência familiar na atividade educacional;

7 – Serviço público
Garantir o diálogo com o servidor por meio de um sistema de compliance que evita fraudes, mas que também traz qualidade ambiental ao trabalhador do Estado. Uma política de tolerância zero ao baixo rendimento, rápida em identificar abusos morais ou de qualquer natureza;

8 – Pedágio
Exigir do governo federal a menor tarifa e completa transparência.

9 – Agricultura
Acelerar a diversificação da nossa produção dando mais alternativas de renda para os nossos produtores rurais. Avançar na legislação para melhorar a qualidade dos nossos produtos criando um ambiente positivo para investimentos que fortaleçam as mais diferentes cadeias produtivas dando assim mais dignidade para as famílias do campo, manter a prática constante de desburocratizar o setor agrícola, como foi exemplo o Passaporte Equestre.

MDB do Paraná

Assista ao vídeo do pronunciamento:

Assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.