Com peças produzidas em couro de peixe, artesã de Pontal do Paraná representa o litoral no Salão do Artesanato em Brasília

191
Fotos: Kauhê Prieto

Representando os artesãos do litoral paranaense, com o apoio da Prefeitura de Pontal do Paraná e do Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense), Ana Maria de Oliveira Ferreira, foi selecionada para participar do 14º Salão do Artesanato em Brasília.

Ana Maria de Oliveira Ferreira de Almeida é moradora de Pontal do Paraná e há 11 anos vive do artesanato e dos trabalhos manuais, a artesã entrou no Programa Couro do Peixe em 2012 fez os cursos de curtimento e artesanato, se especializou e hoje é uma das principais artesãs da região onde também ministra cursos no Provopar.

“Em 2010 participei de uma oficina que ensinava alguns artesanatos com couro e escamas de peixe ministrada pela Zilca Andrade e a partir daí não parei mais. Logo em seguida fiz o curso de curtimento de couro e sigo até hoje com o foco na produção e melhoria da qualidade do couro”, contou a artesã.

O Programa Couro de Peixe começou em 2008 e já ensinou a profissão para dezenas de mulheres, o objetivo é gerar trabalho e renda para a comunidade dos municípios de Pontal do Paraná, Matinhos e Paranaguá.

Cida Gimenes voluntária do Provopar é considerada pelas artesãs locais como a madrinha do curtume. Foi ela quem incentivou a parceria com Unespar, para instalação em Pontal do Paraná e com o apoio do prefeito Rudão Gimenes tem ajudado a divulgar e incentivar cada vez mais o trabalho realizado pelas artesãs com o couro do peixe.

Agora estamos retomando com força total, essa parceria com a prefeitura e a Unespar para oferecer cursos à população, ensinando e promovendo o artesanato com couro do peixe”, explicou Cida Ginemes

Foi graças a esse apoio e incentivo que a artesã Ana Maria de Oliveira Ferreira pôde participar do 14º salão do artesanato Brasileiro.

“Governo do Estado publicou um edital e a Ana Maria que já participa das feirinhas município e faz um lindo trabalho com o couro do peixe se inscreveu e foi selecionada com mais dez participantes para representar o Paraná. Agora já estamos nos preparando para levá-la para o evento que vai acontecer em Olinda-PR”, destacou Cida Gimenes.

A artesã está orgulhosa e agradecida com a oportunidade de poder mostrar seu trabalho para o mundo.

“Estar entre os artesãos selecionados para participar do 14º Salão do Artesanato Brasileiro é uma imensa satisfação e alegria, ter a oportunidade de mostrar um pouco do nosso trabalho aqui do litoral para mim é de grande importância para o fortalecimento dos nossos curtidores e artesãos locais”, comemorou Ana Maria.

Sobre as peças produzidas em couro do peixe, Ana Maria explica que, “o trabalho começa com o curtimento do couro que anteriormente iriam para o lixo, a pele do peixe passa pelo processo de curtimento e se transforma em couro e esse couro se transforma em artesanatos variados como bolsas, carteiras, brincos, colares, pulseiras e muitos outros itens como decoração por exemplo”, explica a artesã.

Kátia Schwarz, coordenadora do Programa Couro do Peixe, explicou que a meta é vender mais couro, gerando renda para o município e ajudando as famílias do litoral.

“O próximo passo do Programa é abrir uma associação de curtidoras e artesãs do couro de peixe, que está para se tornar patrimônio imaterial de Pontal do Paraná, com muito orgulho já recebemos diversos prêmios com esse trabalho, nós somos um dos únicos lugares do mundo que curte o couro do peixe marinho”, contou a coordenadora.

Paraná Praia

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.