Mais de 2,5 mil pessoas são dispersadas e 13 estabelecimentos fechados em Curitiba

25
Toque de Recolher no centro de Curitiba - 09/01/2021 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) deste final de semana, da noite de sexta-feira (27) à madrugada de segunda (30), coordenada pela Polícia Militar, resultou na fiscalização de 19 estabelecimentos e no fechamento de 13 pontos comerciais em Curitiba. A ação também dispersou mais de 2,5 mil pessoas de aglomerações nos locais abordados.

Nestes três dias, as equipes da Polícia Militar, com apoio de órgãos estaduais e municipais, selecionaram estabelecimentos situados em diversos bairros da Capital, a fim de verificar o cumprimento das medidas de enfrentamento ao coronavírus e outras irregularidades. As equipes também estabeleceram pontos de fiscalização no trânsito e abordaram veículos, condutores e transeuntes.

Diante das aglomerações, foram aplicadas 46 autuações administrativas. As policiais lavraram 45 Autos de Infração de Trânsito, com o recolhimento de 11 veículos ao pátio do Detran. Os órgãos fiscalizadores do município que integram a operação aplicaram, ainda, R$ 758.100,00 em multas diante das irregularidades constatadas nos estabelecimentos abordados.

FISCALIZAÇÕES – Na madrugada de sábado, apenas em uma tabacaria situada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), os policiais militares flagraram aproximadamente 100 pessoas em aglomeração. Durante os procedimentos, um rapaz, de 18 anos, tentou fugir do local sem passar pela abordagem e foi contido.

Também foram lavrados dois Termos Circunstanciados de Infração Penal (TCIP), um deles por desacato, resistência e desobediência, em um bar no bairro CIC, e o outro por ameaça em via pública, no bairro Sítio Cercado, que resultaram no encaminhamento de duas pessoas.

No mesmo dia, nos bairros Sítio Cercado e Fazendinha, as equipes da Aifu localizaram 44 maços de cigarro, três garrafas de uísque, noves cigarros eletrônicos e 27 essências de narguilé em situação irregular, que, por serem produtos de contrabando, foram encaminhados à Receita Federal para os procedimentos cabíveis.

Logo em seguida, por volta de 22h, os policiais militares foram abordados por um motorista de aplicativo, na Rua João Amaro da Luz, no Sítio Cercado. Segundo as informações do boletim de ocorrência, o homem tinha sido ameaçado pelo passageiro, que não queria pagar a corrida. A vítima e o autor da ameaça foram levados à 2ª Companhia do 13º Batalhão da PM para lavratura do Termo Circunstanciado.

Já no bairro São Francisco, na madrugada de domingo, cerca de 400 pessoas que estavam em um bar foram dispersadas. Os agentes municipais aplicaram multa pelo não cumprimento do distanciamento social e por exercício de atividade de casa noturna. Os bombeiros também verificaram que o estabelecimento estava com a saída de emergência obstruída, por isso o ponto foi fechado.

As equipes dispersaram, ainda na madrugada de domingo, aproximadamente 600 pessoas nas proximidades do cruzamento da Rua Carlos de Carvalho com Alameda Prudente de Morais.

AEN

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.