Acidente aconteceu em outubro do ano passado, no Sítio Cercado

O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Kloldi Jane Assis e Armelindo Peruzzo, no bairro Sítio Cercado, no dia 25 de outubro do ano passado. O menino teria largado da mão da tia e tentou atravessar a rua, mas foi atingido pelo automóvel. O motorista foi preso em flagrante após ser reprovado no teste do bafômetro. Ele apresentava 0,23 mg/L (miligramas de álcool por litros de ar expelido dos pulmões), acima do permitido.

De acordo com o advogado Jeffrey Chiquini, o laudo foi solicitado pela defesa de Bruno e concluiu que a velocidade foi superior ao permitido. “Se Bruno estivesse no limite da via e não estivesse embriagado, poderia ter freado com eficácia seu veículo, podendo evitar a morte da vítima”, disse.

Reprodução

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou Bruno por homicídio e por dirigir sem carteira de habilitação (CNH). Segundo o MP-PR, ele assumiu o risco de provocar morte e aceitou “a possibilidade deste resultado, portanto, imbuído de dolo eventual, com capacidade psicomotora visivelmente alterada”.

A reportagem entrou em contato com a defesa de Bruno, que informou que não irá se posicionar no momento.

Banda B

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.