Suspeito de tráfico é preso após fugir de abordagem e alega ter sido sequestrado

32

A apreensão ocorreu por volta das 18 horas desta segunda (14), na BR-487; droga era transportada em um carro roubado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 335,55kg quilos de maconha no fim da tarde desta segunda-feira (14) em Alto Paraíso.

A apreensão ocorreu por volta das 18h quando a equipe da PRF de plantão na Unidade Operacional Porto Camargo deu ordem de parada a um Honda Civic, no quilômetro 6 da BR-487.

Ao perceber que seria abordado o condutor acelerou em fuga e desembarcou do veículo logo a frente quando fugiu a pé para uma área de mata, não sendo encontrado naquele momento.

Em verificação no interior do carro os policiais encontraram 24 fardos de maconha, que após pesados totalizaram mais de 300 quilos.

Já o veículo Honda Civic ostentava placa frias. Em consulta ao sistema verificou -se que ele havia sido roubado em 07 de novembro de 2013 na cidade de Goiânia (GO).

Já na manhã desta terça (15) uma equipe da Polícia Militar abordou um indivíduo com diversos arranhões, picadas de inseto e vestes rasgadas; o homem, 23 anos, inicialmente informou que havia sido sequestrado e roubado. 

Os policiais militares, cientes de que havia um indivíduo que fugiu na ocorrência da apreensão da droga, acabaram por levar o abordado até a unidade da PRF onde este foi reconhecido pelos agentes federais como sendo o condutor que fugiu da ocorrência. 

Novamente indagado o homem admitiu então que se tratava do condutor do veículo com a maconha. Informou ainda que pegou o carro já carregado na cidade de Itaquiraí (MS) e levaria até Londrina (PR).

A PRF encaminhou a ocorrência com a droga bem como o indivíduo para a Delegacia da Polícia Civil em Xambrê. 

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.

PortaldaCidade

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.