Jogadora de 25 anos de time paranaense de vôlei se aposenta por problema cardíaco

441

Levantadora Mariana Galon teve problema diagnosticado após exames de pré-temporada do Curitiba Vôlei e não poderá mais jogar

Mariana tinha sido contratada recentemente pelo Curitiba Vôlei. Foto: Divulgação/Central Press

O voleibol feminino teve uma triste notícia nesta sexta-feira (9). O Curitiba Vôlei anunciou que a levantador Mariana Galon, de apenas 25 anos, terá que se aposentar das quadras de maneira precoce. O motivo é umaalteração cardíaca.

Durante os exames realizados na pré-temporada, a jogadora foi diagnosticada com uma miocardiopatia hipertrófica, o mesmo problema que tirou o volante Adilson dos gramados. O jogador de 32 anos também teve o problema apontado no Atlético-MG e se aposentou este ano. A patologia impede a prática esportiva profissional de alto rendimento

Nas redes sociais, a atleta lamentou o problema, mas agradeceu o apoio de todos e garante que isto não a impedirá de levar uma vida normal, apesar da tristeza de não poder fazer aquilo que mais se dedicou na vida toda. Diversas jogadores e clubes também fizeram postagens dando apoio a Mariana.

“Hoje cá estou com muita dor no peito dizendo adeus das quadras como atleta e dizendo oi para uma nova vida! Antes de tudo, queria agradecer de coração a TODOS que fizeram parte da minha história de alguma maneira, a todos que conheci e tive o privilégio de ter uma amizade. Preciso também agradecer a esse esporte que me ensinou tantas coisas principalmente como ser humano. Me ensinou o que é amar, o que é respeitar o outro e suas diferenças, me ensinou a ter resiliência, me ensinou a ter disciplina, determinação, responsabilidade…posso ficar até amanhã falando de tudo o vôlei já agregou na minha vida”, diz parte da postagem.

TribunaPr


COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.