Audiência debaterá a criação de política pública de cicloturismo no Paraná

206
Projeto de Turismo Rural da SEAB tem levado mais gente para o meio rural, só que de bicicleta. / Foto: Foto: Marina P.P. Lima/Emater/AEN

“A proposta de uma política estadual de cicloturismo é inédita no Brasil. É uma modalidade de turismo ecológico, que tem atraído cada vez mais praticantes no país inteiro e no mundo. Queremos o Paraná na vanguarda desta política”, afirmou o deputado Goura (PDT), presidente da Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais, ao falar sobre a audiência pública “Cicloturismo no Paraná”, que acontece nesta semana na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).

A audiência, promovida em conjunto com a Comissão de Turismo, presidida pelo deputado Soldado Fruet (PROS), será realizada nesta quarta-feira (20), às 9h, no Plenarinho da Casa. Segundo Goura, que lembrou que está é a primeira audiência organizada por seu mandato, serão discutidos durante o encontro caminhos para fomentar o cicloturismo no estado, uma atividade que traz uma série de benefícios e que precisa ser cada vez mais incentivada.

Fruet também destacou a relevância dessa atividade: “o cicloturismo é uma modalidade turística de extrema importância para nos ajudar na missão de ampliarmos o desenvolvimento do turismo em nosso estado, sobretudo na atenção especial que iremos dedicar as cidades menores, que muitas vezes não têm um apelo midiático do seu potencial turístico mas possuem atrativos que são verdadeiros tesouros naturais.

O cicloturista, ao transitar pelas cidades, consegue de maneira muito peculiar e exclusiva, realizar uma degustação cultural por onde passa”. “Os praticantes desta modalidade, podem ser os embaixadores das belezas naturais do Paraná e precisamos incentivar isso”, sublinhou.

“O cicloturismo é uma das modalidades de turismo que mais cresce no mundo”, acrescentou Goura. “Por isso, queremos conversar sobre o uso da bicicleta no turismo ecológico no Paraná nesta audiência. O objetivo é debater a criação de uma política estadual de cicloturismo que fomentaria o desenvolvimento desta modalidade no Paraná, apontando diretrizes e incentivos para a sua implantação”, acrescentou.

Interiorização – O deputado Goura, a exemplo do deputado Soldado Fruet, destacou ainda que “enquanto poucas cidades possuem atrativos turísticos convencionais, quase todas possuem atrativos aos cicloturistas”. “Este se diferencia do turista comum porque seu objetivo não é simplesmente chegar ao destino final, mas aproveitar o caminho que geralmente percorrem – estradas rurais e secundárias, recheadas de atrativos naturais e culturais”, frisou.

“Então, uma política de cicloturismo pode beneficiar muitos municípios que têm atrativos naturais e culturais que são de interesse deste turista, que usa a bicicleta para conhecer os lugares e as pessoas. Isto beneficia a economia das comunidades locais com poucos investimentos, que seriam sinalizações, panfletos, mapas e publicações na internet, sites e redes sociais, com as informações sobre os circuitos e rotas de cicloturismo”, observou o presidente da Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.