UEPG recebe mais de 1.600 novos alunos para ano letivo de 2022

30
UEPG recebe mais de 1.600 novos alunos para ano letivo de 2022 - Ponta Grossa, 09/05/2022 Foto: Fabio Ansolin; Jéssica Natal; William Clarindo/UEPG

Novos sorrisos começaram a habitar os espaços da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Nesta segunda-feira (09), a instituição iniciou as atividades de acolhida para 1.609 calouros, ingressantes de 39 cursos da instituição. Elas acontecem até sexta-feira (13) com setores de conhecimento, centros acadêmicos e atléticas, e envolvem visitas, trote solidário, integração com veteranos e explicações sobre a dinâmica estudantil.

Maria Eduarda de Lima Matos, caloura do curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, era uma das pessoas de sorriso aberto na solenidade de acolhida. Além de receber orientações sobre o funcionamento da universidade, ela também participou da Cerimônia do Jaleco. “É uma gratidão enorme participar desse primeiro dia, porque é um curso que eu sempre quis fazer e, depois de ficar na lista de espera, finalmente consegui passar”, comemora. Maria tentou por quatro anos a tão sonhada aprovação. “Estudei muito, até fiz o cursinho popular da UEPG. A expectativa é poder fazer vários amigos e aproveitar tudo o que a universidade tem para me proporcionar”.

Desde que entrou no Ensino Médio, Rudielly Scheiffer estabeleceu como prioridade a UEPG como casa para fazer a graduação. “O processo de estudo foi em casa, vendo o conteúdo programático e pesquisando muito. Eram horas por dia estudando somente olhando as telas do celular e computador, até que chegou o dia do resultado do Vestibular”, relembra. Quando soube da aprovação em Ciências Contábeis, a emoção tomou conta. “Não sabia para quem ligava. Privilegiados são aqueles que entram em uma universidade tão renomada como a UEPG”.

O cronograma de atividades de acolhida foi organizado pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae). A pró-reitora Ione Jovino destacou que foi um grande desafio voltar a fazer um evento presencial depois de dois anos. “Apresentamos a instituição como um todo e também algumas especificidades, assim trabalhamos para fazer um evento atrativo, marcante. Esse é o nosso desejo para a acolhida 2022”, completa.

“É um momento histórico ver a universidade cheia e o auditório lotado”, comemora o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto. Durante a pandemia, segundo ele, era muito triste andar pelos corredores da UEPG e não ver todos os alunos e professores. “Vocês não sabem o quanto são importantes, pois são os primeiros calouros a iniciar um ano letivo na universidade pós-pandemia e, agora, fazem parte de uma história de mais de 50 anos da UEPG e de mais de 70 anos de ensino superior aqui. Viva a UEPG e viva os novos calouros”.

“Nós formamos para a ciência e capacitamos vocês para as demandas dessa ciência”, destaca o pró-reitor de Graduação, Carlos Willians Jacques Morais. A UEPG não capacita para uma profissão, mas também constrói cidadania. “Nós formamos pessoas defensoras da ciência, da democracia e de uma vida melhor para todos. E vocês nos dão duas alegrias, quando entram e quando vocês se formam. Hoje, são duas conquistas – para vocês e para a instituição”, completa.

AEN

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.