domingo, julho 21, 2024

InícioDestaquesCrianças e adolescentes podem aproveitar programação especial do MUPA em julho

Crianças e adolescentes podem aproveitar programação especial do MUPA em julho

O Museu Paranaense (MUPA) tem programação ainda mais especial para crianças e adolescentes em julho por conta das férias escolares. Ao longo do mês será ofertada uma série de ações gratuitas, incluindo oficinas de desenho, pintura, música, dança e argila, visitação mediada, brincadeiras, contação de histórias e muito mais. Para participar, basta fazer inscrição via formulário online, exceto nas atividades aos domingos (dias 21 e 28), que acontecem com público espontâneo.

A agenda tem como objetivo aprofundar as questões relacionadas ao Programa Público “Corpos – Indícios, Matrizes – Espécies”, projeto especial do MUPA que segue até agosto e nesta edição tem como foco central as linguagens transversais do corpo.

Confira a programação completa:

16/07 (terça-feira), das 14h às 15h30 – “Autorretratos Gigantes”: visitação mediada e oficina de desenho e pintura (público de 6 a 16 anos)

Como podemos nos autorrepresentar? A partir de uma visita por retratos e autorretratos presentes nas exposições do MUPA, o Núcleo Educativo levará aos participantes reflexões acerca da representação de si mesmo. Nesse processo, será posto em pauta o fato de que os retratos pintados, muitas vezes, seguem alguns padrões – mas alguns artistas se propõem a achar outras formas de pensar e expressar a sua própria imagem.

Na sequência, crianças e adolescentes poderão representar a si mesmos, desenhando e pintando um autorretrato gigante. Além da concepção de uma imagem de si próprio, a atividade irá propor que toda a gestualidade do corpo seja utilizada para produzir essa obra de arte.

Inscrições https://forms.gle/P7vu9yTigixhLbqd6

17/07 (quarta-feira), das 14h às 15h30 – “Xanrí, Jogé e Pirá Visitam o Museu” – visitação mediada e brincadeiras (público de 3 a 5 anos)

Permeadas por animais que moram nos rios, mares e florestas, as histórias dos povos indígenas são cheias de significados. Nas etnias presentes no Paraná, é comum ver representações de animais de diferentes tamanhos esculpidos em madeira. Assim, inspiradas por contos indígenas e visando explorar outras formas de se visitar um museu, as crianças vão brincar de “Xanrí (aves), Jogé (caranguejo) e Pirá (peixe) Visitam o Museu”. Durante a brincadeira, enquanto escutam mitos de algumas etnias indígenas, as crianças vão se locomover de maneiras não usuais, divertidas e experimentais pelos espaços do MUPA, imitando animais.

Inscrições  https://forms.gle/2EesTKB6UqTfHUQn7

18/07 (quinta-feira), às 10h e às 14h – “O Corpo das Árvores” – contação de história, visitação mediada e construção de roupa experimental (público de 6 a 12 anos)

A atividade parte de uma contação de histórias baseada no livro “Árvore”, de Piotr Socha. Instigadas pelas questões presentes na obra, as crianças serão conduzidas a uma visita sensorial pelo jardim do MUPA, de olhos vendados, para que possam escutar as árvores, sentir suas texturas e cheiros.

A partir disso, irão construir roupas com materiais diversos, que assim como as árvores, emitam sons, tenham texturas e exalem aromas. O objetivo é que cada criança crie a sua própria representação poética daquilo que é habitar o corpo de uma árvore. Na sequência, elas serão instigadas a vestir essas roupas e, então, serão conectadas umas às outras, de forma que precisem se movimentar, todas juntas, durante um percurso pelas exposições do MUPA. Essa proposta busca ativar os corpos das crianças durante a visita ao museu por obras que representam os “corpos” das árvores, e estimular reflexões múltiplas.

Inscrições: https://forms.gle/2GPgVxU1YKdTUayT8

19/07 (sexta-feira), das 14h às 15h30 – “Samba de Coco” – oficina de música e dança, com Melu do Brasil (público de 6 a 12 anos)

O Samba de Coco é uma rica manifestação cultural (ou “brinquedo”) popular da região Nordeste do Brasil. Uma brincadeira de roda que convida a criança a construir o ritmo com os pés e as mãos, dançar, cantar, além de produzir as próprias rimas e passos de improviso. De origem mestiça, de quando a punga africana encontrou o maracá indígena, os cantos sobre trabalho e vida cotidiana embalam as rodas de Coco, marcando com batidas firmes dos pés no chão um ritmo que chama para brincar.

Melu do Brasil é educadora social e brincante popular. Cursou Dança pela Unespar e há mais de 10 anos vem estudando e pesquisando sobre brinquedos populares e folguedos brasileiros, sentado aos pés de mestres e mestras de tradições como Samba de Coco, Maracatu de Baque Virado, Cacuriá e Capoeira. Ministra oficinas de danças populares em Ponta Grossa e Curitiba e, atualmente, compõe o grupo percussivo Aroeira, onde aprimora seus estudos em instrumentos de percussão.

Inscrições: https://forms.gle/bcqg8J2dLhJnNqtf7

21/07 (domingo), entre 11h e 15h – “Seres Fantásticos” – conversa no jardim do MUPA e oficina de argila (público de 6 a 12 anos)

Em mitos e histórias ancestrais do povo Xetá existem espíritos chamados möu ‒ representações de entes ou animais mortos que vivem nas florestas e perseguem os vivos. As figuras dos möu misturavam representações de animais e humanos, e eram construídas pelos Xetá a partir da escuta de história oral e com a utilização de cerume de abelha.

Com base nessa inspiração, a atividade “Seres Fantásticos” será composta por uma breve contação de histórias que instiguem as crianças a explorar e elaborar imaginários a respeito de seres que não possuem um corpo material definido. Elas serão convidadas a modelar pedaços de argila após escutarem uma história sobre um ser fantástico que habita o Museu Paranaense ‒ mas que possui um corpo de formato ainda desconhecido. Não necessita inscrição.

28/07 (domingo), entre 11h e 15h – “A Árvore Museu” – atividade interativa e de colorir (público de 6 a 12 anos).

Em “A Árvore Museu”, o Núcleo Educativo disponibilizará um desenho interativo para colorir, contendo informações sobre algumas peças do nosso acervo. A partir dessas informações as crianças podem fazer um percurso investigativo pelas exposições do MUPA, motivados a procurar por obras que tenham relação com as árvores. Não necessita inscrição.

Serviço:

Mais informações de toda a agenda do Programa Público e das atividades educativas para crianças no MUPA podem ser conferidas AQUI ou acessando o Instagram oficial do museu: @museuparanaense

Museu Paranaense | Rua Kellers, 289, São Francisco – Curitiba

Entrada gratuita

ARTIGOS RELACIONADOS

MAIS POPULARES