sexta-feira, março 1, 2024

InícioDestaquesSecretaria da Saúde e municípios definem estratégias de combate à dengue no...

Secretaria da Saúde e municípios definem estratégias de combate à dengue no Litoral

Representantes da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), Defesa Civil, Atenção Primária à Saúde (APS) e Vigilância em Saúde dos sete municípios da 1ª Regional de Saúde de Paranaguá, no Litoral, se reuniram nesta quarta-feira (29) para discutir, articular e planejar ações de controle e monitoramento das arboviroses – dengue, zika e chikungunya – durante o verão.

Com as temperaturas mais altas a tendência é ocorrer aumento significativo no número de casos, principalmente pelo alto fluxo de pessoas na região.De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, esta reunião é o start para as ações de enfrentamento que acontecerão ao longo deste período em toda na região litorânea, referente aos municípios de Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná.

“É fundamental reunir as equipes técnicas para discutir e articular ações para que ocorra a diminuição da proliferação do mosquito. Importante enfatizar que esse trabalho de combate deve ocorrer de forma conjunta. Todos precisam contribuir, pois de nada adianta o poder público desenvolver ações e iniciativas se não houver a colaboração massiva da população”, disse.

Entre as iniciativas definidas durante o encontro está o reforço das ações de limpeza e mutirões para remoção e eliminação de criadouros, ações educativas para a população e capacitações para as equipes de atendimento.

“Além dessas importantes definições para todo o período de alta temporada, também definimos a data do primeiro Dia D de mobilização contra a dengue no Litoral, que ocorrerá de forma simultânea em todos os municípios da regional no dia 13 de dezembro”, destacou a diretora da 1ª RS de Saúde de Paranaguá, Carmen Moura.

Para a coordenadora de Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Belmonte, todas as ações realizadas são essenciais para mobilizar a população. “O Litoral recebe pessoas do Paraná inteiro neste período. É muito importante mobilizar e conscientizar para que o combate e o enfrentamento à doença sejam realmente eficaz”, enfatizou.

“A Defesa Civil, junto com o Corpo de Bombeiros, vai apoiar esta ação tão importante de conscientização para o combate à dengue, principalmente nos pontos onde há uma maior concentração de pessoas, com viaturas e também com o nosso efetivo”, disse o comandante do 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros, Fabrício Frazatto dos Santos.

BOLETIM – O boletim semanal divulgado pela Sesa nesta terça-feira (28) apresenta 3.522 casos confirmados da doença no Paraná desde o início do atual período epidemiológico. A 1ª RS de Paranaguá soma 272 dessas confirmações, a maioria no município de Paranaguá, com 222 casos, seguido de Antonina (16), Guaratuba (16), Pontal do Paraná (11) e Matinhos (7).

CAMPANHA – Em 22 de novembro, em evento realizado em Londrina, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), lançou a nova campanha de combate à dengue.A mobilização inclui peças publicitárias e materiais gráficos com o tema “Paraná contra a dengue”.

Além de reforçar a importância de cada cidadão fazer a sua parte para acabar com o mosquito Aedes aegypti, a campanha traz orientações de como não deixar água parada, de manter os quintais limpos e as lixeiras tampadas, colocar areia nos vasinhos de plantas, não deixar água e folhas acumuladas nas calhas, manter as caixas d’água limpas e tampadas, lavar os potes de água dos animais pelo menos duas vezes por semana.

AEN

ARTIGOS RELACIONADOS

MAIS POPULARES