quinta-feira, abril 18, 2024

InícioMorretesEstado reforma uma ponte e quatro pontilhões em Morretes, no Litoral

Estado reforma uma ponte e quatro pontilhões em Morretes, no Litoral

A Secretaria de Infraestrutura e Logística iniciou a reforma de uma ponte e quatro pontilhões da PR-411 em Morretes, no Litoral. Os serviços foram contratados pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), também responsável pela fiscalização do seu andamento, e integram o pacote de reforma de 195 obras de arte especiais (OAE), como pontes, viadutos e passarelas em todo o estado.Estão sendo atendidas a Ponte Rio Macaquinho, o pontilhão sobre o Rio Pitangui e três pontilhões sobre o Rio Arroio, no km 9,83, km 10,03 e km 12,57.

A localização de cada OAE pode ser verificada neste mapa, na aba CP 47/2022, uma referência ao edital de licitação das obras.As cinco estruturas estão recebendo serviços de implantação ou manutenção de descida de água, canaleta e dissipadores de energia, todos dispositivos para lidar com a drenagem de águas da chuva e evitar que a mesma se acumule sobre a OAE ou danifique sua cabeceira; reparos e reforços nas estruturas de concreto da ponte e pontilhões, serviços estes concentrados na parte inferior da OAE e menos óbvio para usuários da rodovia. Também será reforçada a sinalização vertical e horizontal nestes locais e realizada nova pintura das OAE contempladas.

O mesmo contrato contempla ainda outras 17 obras de arte especiais na região do Litoral, com reforma e manutenção de estruturas em Antonina e Guaraqueçaba, e outras ainda em Morretes, mas na PR-410 (Estrada da Graciosa) e PR-408. Os serviços serão realizados ao longo dos dez meses de prazo das obras, que devem ser concluídas no ano que vem. O investimento é de R$ 3.684.381,51.

As obras contam com sinalização provisória alertando e orientando o usuário, e caso seja necessário bloqueio de tráfego para realizar algum serviço, deverá ser utilizada prioritariamente a operação pare e siga, caso possível, visando reduzir o impacto no deslocamento dos usuários.

METÁLICA – Também está em obras na mesma rodovia a ponte metálica sobre o Rio Nhundiaquara, no distrito de Porto de Cima. Com investimento de R$ 1.844.444,43, no momento estão sendo finalizados o tratamento e reforços das estruturas das treliças da ponte.

Para concluir a obra, porém, será necessário bloqueio total do tráfego de veículos, uma vez que a ponte possui pista única, não sendo possível o para-e-siga, para realizar os serviços de reforço da estrutura abaixo do tabuleiro, e substituição das placas de concreto atuais por um novo gradil metálico.

Esta etapa deve requerer aproximadamente 60 dias.A SEIL atualmente está em tratativas junto à prefeitura municipal, buscando uma solução que garanta a conclusão da obra com o menor impacto possível à população local.

PONTES – As obras de manutenção fazem parte de um pacote de investimento para reformar 195 pontes, viadutos e trincheiras em todas as regiões do Paraná, sendo o maior da história do Estado, com um investimento de R$ 114 milhões. No total, são 20 contratos licitados, com 19 já assinados.

AEN

ARTIGOS RELACIONADOS

MAIS POPULARES