Mesmo com escolta, ônibus de turistas são assaltados na Grande Curitiba

35

ois ônibus de turismo foram assaltados por pelo menos oito homens armados na BR-116, km 37, em Campina Grande do Sul, no sentido Curitiba-São Paulo, próximo a Represa do Capivari, por volta das 18h30 desta quarta-feira (28). Houve troca de tiros entre eles e os vigilantes da empresa de escolta que acompanhavam os veículos. Dois vigilantes foram feridos no tiroteio. Eles foram socorridos, mas um deles não resistiu e morreu no Hospital Angelina Caron.

O segundo profissional foi atingido na perna e teve ferimentos moderados. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da PM, atenderam a ocorrência e ainda procuravam os suspeitos na região. Ninguém foi preso até as 23h.

A pista foi liberada por volta das 21h, de acordo com a concessionária Arteris Régis Bittencourt, que administra o trecho. A Polícia Militar informou que os ônibus chegaram a ficar atravessados na pista.

Os ônibus seguiam de Pelotas, no Rio Grande do Sul, para São Paulo, em direção ao Brás, local de compras na capital paulista. Dinheiro e pertences dos passageiros foram levados pelos assaltantes.

Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná

Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná

Ação violenta

Passageiros relataram que parte da quadrilha esperava os ônibus no canteiro central da 116 e outra parte estava em um veículo Cobalt – eram pelo menos oito homens. Eles atiraram nos pneus dos coletivos para fazê-los parar e depois invadiram e exigiram malotes de dinheiro – que as vítimas não tinham – e pertences dos turistas.

O grupo agiu com violência, chegou a agredir alguns passageiros e fez disparos de dentro do ônibus para acertar os vigilantes da escolta.

Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná

TribunaPr

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.